bannerfull

Acabou, acabou, acabou: Nilvinha é primeira prefeita da história de Ibititá

Vitória enfatiza participação da mulher na política e consagra o legado da gestão Cafu Barreto. Tem que respeitar!

16 de novembro - 2020 às 09h22
Acabou-acabou-acabou-Nilvinha-primeira-prefeita-da-histria-de-Ibitit

Divulgação

Como foi antecipado pelo Sertão Baiano, Nilvinha dos Santos (PSD) fez história ao se tornar a primeira prefeita de Ibititá em 59 anos de emancipação política da cidade. Neste domingo (15), a candidata apoiada por Cafu Barreto venceu as eleições com 51,20% dos votos válidos, deixando pra trás o advogado Afonso Mendonça (PSDB), que acumula a segunda derrota consecutiva: primeiro perdeu pra Cafu, em 2016; agora é superado por uma servidora pública, mãe, mulher independente e de origens simples. 

Além de consagrar o legado da gestão Cafu Barreto, a vitória de Nilvinha é bastante simbólica, uma vez que enfatiza a participação da mulher na política e mostra que pessoas humildes podem ocupar espaços que antes eram reservados exclusivamente para as “elites” e seus doutores. Ao longo da campanha, de forma desrespeitosa, Nilvinha foi ofendida, teve sua vida pessoal exposta e sofreu todo tipo de perseguição por parte de um grupo político desqualificado, sem projeto, sem moral, sem respeito. Mesmo assim, sem tempo a perder com provocações, pregando paz e união, Nilvinha ganhou a confiança das famílias da sede e dos povoados e se consagrou para dar continuidade ao desenvolvimento do município.  
 


Em Ibititá, o trabalho e o compromisso social venceram a arrogância e a velha política. Tem que respeitar! 
 

>>>LEIA MATÉRIA RELACIONADA 

Prestes a fazer história, Nilvinha mantém liderança em Ibititá 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020