bannerfull

Amado Batista emociona multidão no São João de Irecê

Fãs de diferentes gerações cantaram junto com o artista “mais amado do Brasil” no 2º dia do Arraiá das Caraíbas 2014.

22 de junho - 2014 às 01h27
Amado-Batista-emociona-multido-no-So-Joo-de-Irec

Fotos: ASCOM Prefeitura de Irecê

“Eu tive um amor/ Amor tão bonito/ Daqueles que matam/ Com sabor de saudade”. Um coro uníssono se expandiu por toda Irecê quando Amado Batista cantou os primeiros versos da canção “Meu Ex Amor”, neste sábado (21), segunda noite do Arraiá das Caraíbas 2014. Para alegria dos fãs de diferentes gerações, o artista “mais amado do Brasil” foi a atração principal do palco montado na Praça Clériston Andrade, “coração” de Irecê, no norte do Estado. A apresentação foi marcada pela grande cumplicidade entre público e o cantor, que está prestes a completar 40 anos de carreira. No repertório, grandes sucessos, a exemplo de “Princesa”, “Amor Perfeito”, “Secretária”, “Amor, Amor”, “Alucinação”, “Olhos Verdes” e “A Namorada Que Sonhei”.

A cada música, um novo sentimento, uma nova emoção. No palco, um painel de LED de última geração mostrava imagens da carreira de Amado Batista, considerado um dos maiores cantores românticos do país. Enquanto isso, todos os detalhes eram transmitidos simultaneamente por três telões instalados em pontos estratégicos da arena. “Por incrível que pareça, a apresentação de hoje conseguiu superar a do ano passado. Foi simplesmente perfeito! Na verdade, está tudo muito lindo e organizado. A Prefeitura está de parabéns”, comentou, emocionada, a fisioterapeuta Maria Victória, 26 anos, que mora em Salvador, mas pelo segundo ano consecutivo decidiu passar o São João em Irecê.

Por tudo, não é à toa que Amado Batista já vendeu mais de 25 milhões de discos e tem fãs espalhados pelo Brasil e pelo mundo. Nesta segunda noite do São João de Irecê também teve performance da Quadrilha Maria Bonita e shows de Nil & Angelo, Claudinho do Acordeon, Dubiran e Carlinhos Axé.

Galeria de fotos

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020