bannerfull

Artista de Irecê produz performances na quarentena

Série nasceu de forma intuitiva e segue navegando em meio ao caos da pandemia. Liberte-se!

25 de maio - 2020 às 12h16
Artista-de-Irec-produz-performances-na-quarentena

Divulgação

Daniel Pinto

Entre o universo místico de uma calça de pano e os primeiros degraus de cimento, o homem caminha de barbas longas e paletó preto; peito aberto, descalço, anda pelo corredor de paredes brancas cintilantes. Desconsolado, sua expressão é de dor. As plantas se erguem para ver o sol e sentem o sopro do vento frio de maio em Irecê. O céu se mostra tímido, nublado. A mudança de trajetória projeta um novo caminho, mais íngreme e perigoso: escadas de alumínio em direção à luz. Enquanto a trilha ecoa de forma arrepiante, o terceiro enquadramento se transforma num raio-x através de tubos, telhados, blocos, cimento e nuvens... Ele sobe resoluto. Deixa tudo pra trás, sem medo da queda, da decepção ou morte. Eis que se revela o que aos olhos destreinados pode parecer um carretel de madeira, objeto qualquer, talvez fantasma de Iberê. Mas, o som cada vez mais agudo e profundo sugere algo muito especial... O rosto do personagem (ainda trancado) incorpora o primeiro plano e no exato momento em que os músculos da face se movem numa singela sintonia, o cadeado pra outra dimensão se abre em frações de segundos.

 


Essa é minha leitura pessoal, uma entre tantas possíveis, do vídeo Performance Quarentena número 13, produzido pelo poeta e artista visual Adherrio-Laiss, com música e edição de Rodrigo Lordelo, ambos residentes na cidade de Irecê. Parceria estabelecida na “ordem do caos” pelas redes sociais, já que eles nunca estiveram juntos pessoalmente. Inusitado, não? Bem interessante! Mesmo abalado pela pandemia e preocupado com os destinos do Brasil e do mundo, o poeta tem aproveitado o isolamento domiciliar para criar conexões audiovisuais. Tudo é produzido em casa, filmado pelo celular e finalizado por meio da colaboração virtual. “Geralmente não penso num roteiro conceitual, é tudo intuitivo”, revela Adherrio-Laiss. As Performances Quarentena estão disponíveis nos seguintes endereços:

instagram.com/adherrio_laiss/?igshid=n4asrrzmloj7


https://www.facebook.com/adherrio

Até o momento já existem 14 vídeos da série, que tem como fio condutor o mesmo objeto de madeira. O que o torna tão importante? Qual a representatividade? De onde surgiu? Que mistérios escode?... Busque sentido! Experimente uma nova perspectiva! Ao que tudo indica, o projeto terá continuidade com direito a outros desdobramentos. Permaneçamos atentos! Abra a mente! Liberte-se, mesmo em isolamento!

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020