bannerfull

Balé Folclórico no TCA

Oportunidade única para assistir coreografia Herança Sagrada – A Corte de Oxalá. Ingressos custam R$ 40 e R$ 20.

04 de setembro - 2015 às 09h48
Bal-Folclrico-no-TCA

Com informações Correio 24h* / Foto: Divulgação

Sai de Salvador o melhor balé folclórico do mundo, segundo a Associação Mundial de Críticos. Mas o público daqui raramente tem chance de vê-lo em ação, já que o Balé Folclórico da Bahia não para em sua terra natal devido às contínuas turnês internacionais. Hoje, porém, os admiradores da companhia terão única chance de conferir a apresentação da coreografia Herança Sagrada – A Corte de Oxalá, no palco do Teatro Castro Alves. O Balé vem de uma turnê pelo Sul do país, que incluiu Porto Alegre, Novo Hamburgo e Curitiba. Em Herança Sagrada, os bailarinos reproduzem com fidelidade sequências de movimentos de alguns dos mais importantes rituais do candomblé, numa coreografia baseada em danças do culto afro-brasileiro.

O espetáculo, que já foi aplaudido nos Estados Unidos, Europa, Caribe, Oceania e África, conta com direção geral de Vavá Botelho e direção artística de Zebrinha. A segunda parte do espetáculo reúne coreografias clássicas do repertório da companhia que traduzem importantes manifestações folclóricas baianas: Puxada de Rede, Capoeira e Samba de Roda, além de Afixirê, inspirada na influência dos escravos africanos na cultura brasileira. “O espetáculo já é consagrado internacionalmente, agora precisa ser conhecido pelos brasileiros”, afirma Vavá Botelho, ressaltando que o Balé arrebatou a admiração da poderosa Anna Kisselgoff, crítica de dança do The New York Times.

Serviço: Teatro Castro Alves (Campo Grande). Hoje, às 21h. Ingresso: R$ 40 | R$ 20. À venda na bilheteria do teatro e no site www.compreingressos.com

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2019