bannerfull

BaVi: políticos provocam e arriscam palpites para decisão

As apostas são para gols de Souza, pelo Vitória, e Maxi Biancucchi, pelo Esquadrão de Aço.

06 de abril - 2014 às 07h18
BaVi-polticos-provocam-e-arriscam-palpites-para-deciso

* Com informações e fotos do Bocão News

A primeira partida da decisão do Campeonato Baiano, disputada entre Bahia e Vitória, começa às 16h, mas nos bastidores o BaVi já começou. Tricolores e rubro-negros já vivem o clima da grande final que acontece logo mais na Arena Fonte Nova. Para os políticos baianos não é diferente. Neste momento, os palanques, discursos e promessas são deixados de lado, e a emoção do maior clássico do Nordeste toma conta de seus corações, cada um torcendo pelo seu time. O Bocão News ouviu quatro grandes políticos do cenário estadual que opinaram sobre o BaVi deste domingo e deram seus palpites sobre gols e artilheiros do duelo. Para o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo (PDT), o placar do clássico será 2 a 0 pra o Vitória. Ele garante que o rubro-negro irá quebrar o jejum de cinco jogos sem triunfos em clássicos e deposita a responsabilidade de marcar os gols ao ex-atacante do Bahia, Souza. “Não é para provocar não. É que ele (Souza) merece esse prêmio".

O também rubro-negro Fábio Mota, ex-secretário nacional do Ministério do Turismo, cotado para ser vice de Geddel na disputa pelo governo da Bahia em 2014, também está otimista. Mota vai além de Nilo e aposta 3 a 0 no confronto. “Gols de Souza e Marquinhos”, arrisca. Para o peemedebista o bicampeonato já está garantido, embora admita que não será tão fácil quanto foi no ano passado. Na oportunidade o Vitória venceu o Bahia por 7 a 3 na primeira partida da final. “O importante é que seremos campeões”, disse para a reportagem do Bocão News.

Já pelo lado tricolor, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, demonstra total confiança num triunfo tricolor. “O Bahia vai ganhar com certeza. Está embalado e já demonstrou que é superior ao Vitória. Vai ser 2 a 0, com gol de Talisca e de Maxi que vai entrar pra marcar um gol para dedicar a sua filha Vitória”, ressalta o político. Lúcio ainda rebateu as provocações em relação a Souza. “Souza está brocado. Quem broca é brocador, quem está brocado não broca. Não tenho dúvidas de que o Bahia será o campeão baiano”, disparou o deputado.

Seu irmão, o pré-candidato ao governo do estado pelo PMDB, Geddel Vieira Lima, que também é torcedor declarado do Esquadrão, preferiu contemporizar, não quis arriscar um placar, mas mandou um recado para Marcelo Nilo. “Não sou advinhão. Torço para que o Bahia ganhe, mas eu e Nilo não somos bons de previsão não, então prefiro não arriscar”, finalizou. Cada um defendendo o seu lado, o importante é que o clássico deste domingo seja de paz, com um bom futebol apresentado pelas duas equipes e que vença o melhor.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020