bannerfull

Café Premium é o novo lançamento da Agricultura Familiar baiana

Excelente oportunidade de prestigiar quem trabalha de forma sustentável com amor e respeito. Vamos fortalecer a Economia Solidária!

24 de agosto - 2021 às 13h06
Caf-Premium-o-novo-lanamento-da-Agricultura-Familiar-baiana

Assessoria de Comunicação SDR/CAR

Nesta terça-feira (24), a agricultura familiar leva para as prateleiras de estabelecimentos comerciais da Bahia mais um produto de qualidade. Desta vez, o lançamento é um café premium, produzido no sudoeste baiano, pela Cooperativa Mista dos Pequenos Cafeicultores de Barra do Choça e Região (Cooperbac), localizada em Barra do Choça. Um café de torra clara, 100% arábica, cultivado em altitudes que variam de 900 a 1.100 metros, de maneira sustentável, e que possui o Selo de Identificação da Agricultura Familiar (Sipaf). Uma bebida com sabor suave, cremosa, com aroma floral e acidez média.  

Inicialmente, o café Cooperbac Premium será comercializado em grãos, em embalagens de 1 quilo, nos municípios de Vitória da Conquista, Feira de Santana, Serrinha, Juazeiro, Lauro de Freitas e em Salvador. A previsão é que, até o final de 2021, a cooperativa coloque no mercado a versão moída, em embalagem de 250g.  A unidade de beneficiamento de café da Cooperbac tem capacidade de processamento de 12 toneladas por dia, atendendo diretamente a 335 famílias agricultoras produtoras de café. A cooperativa produz e comercializa grãos crus e torrados e café a vácuo. Agora, são quatro marcas de café, desde uma mais popular, o Tia Rege, até o Premium, um café gourmet para consumidores mais exigentes.  

De acordo com a presidente da Cooperbac, Joara Oliveira, o lançamento do novo café vai impactar diretamente a vida dos produtores: “É a concretização de um sonho que os produtores tinham em comercializar seu produto gourmet, um café despolpado, seco na estufa com todo cuidado, evitando a venda para atravessadores. Um café que é vendido hoje a R$1 mil, vamos conseguir vender de R$1.500 a R$1.600 a saca”.  A produção da Cooperbac ganhou também o mercado chinês. Neste ano, a cooperativa envia sua primeira remessa de café para a China. Um contrato, inicial de seis meses com a empresa Câmara Chinesa, que irá permitir a comercialização 20 toneladas do café Cooperbac arábica moído. 

Laboratório de classificação 

Toda a produção passa pelo Laboratório de Classificação Sensorial de Café, onde são certificados e emitidos laudos técnicos, que habilitam o produto da Cooperbac para a comercialização junto com grandes marcas nacionais de café. A construção do laboratório integra um conjunto de intervenções do Governo do Estado da Bahia, por meio do projeto Bahia Produtiva, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR). No total, estão sendo aplicados na Cooperbac, pelo Bahia Produtiva, recursos da ordem de R$ 5,4 milhões, com intervenções, tanto na base de produção, apoiando os agricultores a melhorarem a produção com a aquisição de estufas e equipamentos, e assistência técnica, como também, dentro da unidade de processamento e torrefação de café, desenvolvimento de embalagens e rótulos, e acesso a mercados.  

Para o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, esse é mais um salto de qualidade expresso no produto e na embalagem que busca sintonia com um mercado cada dia mais exigente: “A inovação acompanha o crescimento da Cooperbac e por isso nos orgulha muito apoiar este empreendimento que nos surpreende positivamente a cada dia”. Joara afirma que o café gourmet é a concretização dos investimentos do projeto Bahia Produtiva: “Os recursos foram destinados para estufas, despolpadores, secador de café, a implantação do laboratório, onde já tiramos o laudo que referência os nossos cafés. Com tudo isso, hoje podemos lançar esse produto e aumentar a renda dos produtores em 50%”.  

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2021