bannerfull

Colégio Cometa alcança primeira colocação no ENEM em Irecê

Direção destaca planejamento e empenho da equipe como fatores preponderantes para qualidade de ensino.

18 de dezembro - 2017 às 09h57
Colgio-Cometa-alcana-primeira-colocao-no-ENEM-em-Irec

Divulgação

O Colégio Cometa obteve a melhor colocação no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) dentre as escolas do Território de Irecê em 2016. A notícia é resultado de uma apuração realizada pelo Estadão a partir de microdados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Os microdados foram a base para que se apurasse as médias de milhares de escolas em todo o país nas provas de redação;  ciências humanas;  ciências da natureza; linguagens e códigos e matemática. Com uma média de 585,8 pontos nas provas objetivas e 711,3 pontos na redação, o Colégio Cometa foi a Instituição de Ensino de Irecê com a maior pontuação no Exame Nacional, liderando o ranking em seu Território, composto por 20 municípios. De acordo com a direção do Colégio, o resultado é fruto de um planejamento consistente e de um trabalho de desenvolvimento pedagógico e estrutural contínuo.

Outro diferencial da Escola, destaca a mesma fonte, são as pessoas e o empenho de toda a equipe para a consolidação da Escola como uma das mais bem qualificadas da Bahia. “O Cometa vem crescendo a cada ano com muita responsabilidade e competência, oferecendo a microrregião de Irecê um serviço de extrema qualidade”, afirmou a diretora do Colégio, Hebe Cristina. Com o resultado o Colégio Cometa se consolida ainda mais como uma escola que tem crescido sem perder a qualidade e hoje é a maior escola privada do Território de Irecê em número de matrículas. Com uma estrutura de ponta e uma equipe pedagógica altamente qualificada, o Colégio vem demonstrando, que, com dedicação é possível se construir uma educação básica com cada vez mais qualidade na região.

Clique AQUI e confira a classificação do ENEM! 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2018