bannerfull

Colégio de Irecê é pioneiro na Bahia na aplicação de programa do SEBRAE

O EDIMASTER foi o primeiro em todo o estado a aplicar o programa Jovens Empreendedores – Primeiros Passos (JEPP), desenvolvido pelo SEBRAE para disseminar a cultura empreendedora entre crianças e jovens.

01 de novembro - 2013 às 20h27
Colgio-de-Irec-pioneiro-na-Bahia-na-aplicao-de-programa-do-SEBRAE

Fotos: ASCOM EDIMASTER

O Colégio EDIMASTER, de Irecê, na região norte da Bahia, foi o primeiro em todo o estado a aplicar o programa Jovens Empreendedores – Primeiros Passos (JEPP), desenvolvido pelo SEBRAE para disseminar a cultura empreendedora entre crianças e jovens. No caso específico, o colégio trabalhou com alunos do 2º ano do Fundamental I, que receberam a missão de cultivar produtos orgânicos e montar um plano de negócios. “Esse projeto piloto foi muito especial: todas as etapas foram detalhadas com precisão e todos os conceitos foram trabalhados com êxito. Com certeza, a experiência será levada para outras escolas do estado”, observou Delian Mendes de Souza, representante regional do SEBRAE responsável pela execução do JEPP. 

Professores e monitores passaram por um período de capacitação, conheceram material didático e a metodologia do programa. Os ensinamentos foram levados à sala de aula, onde as crianças - que têm em média 7 anos - descobriram a importância dos produtos orgânicos e tiveram os primeiros contatos com os conceitos de empreendedorismo e sustentabilidade. Ao longo do segundo semestre, a turma teve aulas de campo numa fazenda da zona rural de Irecê. Sempre acompanhados por monitores, os alunos prepararam a terra, executaram o plantio e fizeram a colheita dos legumes e hortaliças. 

O material produzido foi vendido, entre os dias 31 de outubro e 1º de novembro, numa feirinha de produtos orgânicos instalada no pátio do Colégio EDIMASTER. O evento, que foi aberto ao público, foi considerado um sucesso pela professora Iêda Mágna Figueiredo. “O mais importante é que eles desenvolveram valores humanos, tiveram contato com conceitos de agronegócio e aplicaram técnicas de compra e venda e propaganda. Enfim, foi uma experiência enriquecedora para todos nós”. 

O dinheiro arrecadado será usado para custear uma viagem para um parque aquático da região com toda turma de jovens empreendedores do 2º ano. 

Galeria de fotos

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2019