bannerfull

Contra pirataria, operadoras começam a bloquear sinal de celular e tablet

Desculpa oficial das empresas é que o bloqueio é para melhorar os índices de qualidade das telecomunicações e garantir a segurança dos clientes

15 de março - 2014 às 17h02
Contra-pirataria-operadoras-comeam-a-bloquear-sinal-de-celular-e-tablet

Foto Ilustrativa

Em mais uma tentativa de frear a indústria da pirataria, as operadoras de telefonia móvel vão começar a testar, a partir desta segunda (17), um novo sistema que pretende bloquear chamadas feitas pelos chamados celulares “genéricos”. O sistema passa por uma fase pré-operacional e só deve funcionar efetivamente em setembro. A expectativa é de que quando identificar um aparelho falsificado ou original, mas sem homologação no Brasil, o sistema deverá efetuar o bloqueio, que também vale para tablets. A desculpa oficial das empresas é que o bloqueio é para melhorar os índices de qualidade das telecomunicações e garantir a segurança dos clientes, que são “expostos a riscos de radiação excessiva e de explosão das baterias dos aparelhos piratas”.

Tecnicamente a tecnologia é possível, já que todo aparelho móvel sai da fábrica com um número de registro e o chip, habilitado pela operadora, também tem um código específico. Nesses termos, sempre que um aparelho é ligado, transmite às operadoras os dois números que (teoricamente) permitem identificar quem está falando e em que aparelho.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2022