bannerfull

Diretores da APRIR fazem balanço positivo da 16ª EXPOAGRI

Evento superou expectativas na geração de negócios; destaque negativo foi a ausência da Prefeitura de Irecê.

05 de maio - 2014 às 12h22
Diretores-da-APRIR-fazem-balano-positivo-da-16-EXPOAGRI

Foto: Beavis / Sertão Baiano

“Sucesso total”. Essa foi a avaliação do presidente da APRIR, José Renato Costa, sobre a 16ª Exposição Agropecuária da Região de Irecê (EXPOAGRI), que aconteceu entre os dias 1º e 4 de maio, com exibição de animais, entrega de alevinos, máquinas e implementos agrícolas; além de leilão, seminário, competições, passeios de helicóptero, dentre outras atividades. Durante os quatro dias do evento, mais de 100 mil pessoas percorreram os diversos stands e espaços de lazer espalhados pelo Parque de Exposições de Irecê, no norte do Estado. O diretor da APRIR José Carlos Oliveira fez questão de destacar a satisfação dos expositores, que se surpreenderam com o volume de negócios gerados. “Apenas uma empresa vendeu mais de R$ 1,5 milhão em máquinas e implementos agrícolas. A Codevasf inaugurou o Centro de Treinamentos Deputado Manoel Novaes (que vai oferecer qualificação ao homem do campo), distribuiu 100 mil alevinos e entregou 19 tratores a associações de produtores rurais”, observou.

Em conversa com a reportagem do Sertão Baiano, o também diretor da APRIR, João Marlon, fez um balanço positivo da Exposição Agropecuária e lembrou da importância da “parceria” com Governo do Estado, União e empresas públicas para a consolidação do evento. “Temos uma responsabilidade social muito grande e, graças a Deus, o poder público na esfera estadual e federal tem sido um parceiro ao longo desses 16 anos. Mas, infelizmente nem todos têm essa sensibilidade e comprometimento”. A consideração atinge em cheio a Prefeitura de Irecê, que se manteve distante, apesar da importância econômica e social da EXPOAGRI. Ao contrário de edições anteriores, o município não firmou convênio com a APRIR e nem mesmo disponibilizou a estrutura de limpeza pública e não instalou a tenda com serviços de saúde para os usuários. Como se trata de um evento sem conotação política, o comentário é de que a atual gestão tem sido “insensível e indiferente às demandas do homem do campo”.

O Sertão Baiano procurou representantes da Prefeitura, mas ninguém quis se pronunciar sobre o assunto. Pelo visto, o tema virou tabu na Administração Municipal. Nos bastidores do poder, a leitura é de que o distanciamento está ligado à questões de natureza pessoal.

Leia matérias relacionadas:

Amigos, empresários e políticos prestigiaram lançamento do Sertão Baiano

“A EXPOAGRI é feita pelo povo”, destacou diretor da APRIR

Ibititá contemplada com alevinos e trator na 16ª EXPOAGRI

Poeta da Riocon campeão de marcha picada na 16ª EXPOAGRI

Aquicultura e Apicultura em destaque no stand Codevasf

EXPOAGRI é palco para 1ª Exposição do Mangalarga Marchador de Irecê

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020