bannerfull

Enem 2014: Provas serão aplicadas nos dias 8 e 9 de novembro

A previsão é que 8,2 milhões de pessoas se inscrevam, um crescimento de 13,8% em relação aos 7,2 milhões do ano passado.

09 de maio - 2014 às 07h26

A prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014 será nos dias 8 e 9 de novembro. As inscrições serão feitas pela internet, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), entre os dias 12 e 23 deste mês. A informação foi divulgada nesta quinta (8) pelo Ministério da Educação (MEC). O edital do Enem será publicado hoje (9) no Diário Oficial da União e estará disponível também no site do Inep. A previsão é que 8,2 milhões de pessoas se inscrevam, um crescimento de 13,8% em relação aos 7,2 milhões do ano passado. O valor da inscrição é R$ 35. Alunos de rede pública e pessoas com renda familiar de até 1,5 salário mínimo são isentos. A taxa deve ser paga até o dia 28 de maio. Em 2013, cerca de 5 milhões de estudantes fizeram o Enem. A nota do exame pode ser usada para participar de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que disponibiliza vagas no ensino superior público; o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas em instituições privadas; e o Sistema de Seleção Unificada do Ensino Técnico e Profissional (Sisutec), que destina a estudantes vagas gratuitas em cursos técnicos.

O Enem é também pré-requisito para firmar contratos pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para a obter bolsas de intercâmbio pelo Programa Ciência sem Fronteiras. Nesta edição, o Enem traz novidades na acessibilidade. O site do exame vai oferecer o edital em formato de leitura compatível com o Dosvox, sistema criado para pessoas com deficiência visual utilizarem o computador, e um vídeo na Língua Brasileira de Sinais (Libras), para quem tem deficiência auditiva. No dia do exame, os candidatos devem estar atentos aos horários. Os portões abrem às 12h e a prova começa às 13h (no horário de Brasília). No caso dos candidatos sabatistas, que, por motivo religioso, não podem ter atividades aos sábados, no período diurno, no dia 8, a prova será aplicada às 19h, no horário da capital federal. Para os sabatistas que estarão no Acre, em Rondônia, em Roraima e no Amazonas, o início será às 19h, no horário local. No entanto, todos os sabatistas têm que chegar ao local de prova entre as 12h e as 13h.

No primeiro dia de prova, serão avaliados os conhecimentos em ciências humanas e ciências da natureza. O término está marcado para as 17h30. No segundo, os candidatos responderão a questões sobre linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática, e as provas terminam às 18h30. Neste ano, serão mantidos os critérios de correção da redação. As provas com inserções inadequadas serão zeradas. "Sabemos o quanto o Enem é importante para o país do ponto de vista da oportunidade que abre para os jovens e para os adultos. sabemos que, à medida que [o exame] vai sendo aperfeiçoado, vamos vendo mais confiança e gerando mais oportunidades", disse o ministro da Educação, Henrique Paim.

O ministro também comentou a expectativa de aumento de inscrições. A projeção se deve ao fato de mais universidades terem aderido ao Sisu. Segundo o Inep, o número de instituições chega a 115. Outro motivo é a exigência do exame em programas como o Ciência sem Fronteiras. Para se preparar para o Enem, o aluno pode acessar o aplicativo questoesenem.ebc.com.br. O banco de questões da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) reúne itens de 2009 a 2013 para o estudante treinar para exame. O acesso é gratuito.

 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020