Sertão Baiano - Ex-prefeito de Ibititá é condenado a devolver 255 mil aos cofres públicos
bannerfull

Ex-prefeito de Ibititá é condenado a devolver 255 mil aos cofres públicos

Punição foi definida ontem pelo TCE por irregularidade na construção de uma quadra coberta no município.

27 de junho - 2018 às 10h49
Ex-prefeito-de-Ibitit-condenado-a-devolver-255-mil-aos-cofres-pblicos

ASCOM TCE/BA

Nesta terça-feira (26), durante sessão ordinária, além de desaprovar as contas do convênio 52/2010 (Processo TCE/000530/2014), firmado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) com a Superintendência dos Desportos do Estado (Sudesb), tendo como objeto a construção de uma quadra coberta no município de Ibititá, a Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA) imputou ao ex-prefeito Francisco Moitinho Dourado Primo (Dr. Chiquinho) a responsabilização financeira no valor de R$ 255.385,23, quantia a ser devolvida aos cofres públicos após a aplicação de juros e correção monetária. O voto da relatora, conselheira Carolina Costa, acompanhado pelos demais conselheiros, apenas com divergência do conselheiro Marcus Presídio, vice-presidente da Corte de Contas, em relação ao valor da multa, determinou a aplicação de multa máxima à época (R$ 12.193,57). Em 2014, por conta da mesma irregularidade, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) chegou a bloquear os bens do ex-prefeito Dr. Chiquinho.

LEIA MATÉRIAS RELACIONADAS: 

Ex-prefeito de Ibititá tem bens bloqueados pela Justiça  

Ibititá: Câmara reprova contas de ex-prefeito 

 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2018