bannerfull

Homens invadem hospital em FSA e executam paciente

Mãe presenciou a cena e foi ameaçada por bandidos. Crime espalhou medo entre funcionários e foi criticado por líder da oposição.

14 de abril - 2014 às 10h25
Homens-invadem-hospital-em-FSA-e-executam-paciente

* Com informações e foto do Bocão News

Dois homens armados invadiram na noite deste sábado (12) o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, e executaram um paciente de 32 anos. De acordo com informações do Bocão News, os criminosos pularam o muro dos fundos e percorreram todas as alas da unidade médica em busca do alvo. Ao encontrá-lo em um dos leitos, os bandidos atiraram diversas vezes contra José Fabricio Lima dos Santos, que morreu no local. A mãe da vítima, que o acompanhava, chegou a ser ameaçada pelos assassinos. José Fabrício foi internado horas antes após ser baleado na perna no bairro Nova Esperança. Com o barulho dos disparos, houve corre-corre dentro do Clériston Andrade. Muitos pacientes e acompanhantes ficaram assustados e tiveram que receber atendimento médico. Na unidade havia dois policiais de plantão, mas no momento do crime estavam no posto da PM que fica na entrada da emergência. Ninguém ainda foi preso.

O ex-deputado Heraldo Rocha, líder do Democratas, acusou o Estado de negligência e criticou duramente o sistema de segurança pública do Governo Wagner. “Se já não bastasse a total falta de condições de trabalho, que motivou o pedido de demissão coletiva dos médicos cirurgiões, o Hospital Clériston Andrade virou palco de tiroteio e fuzilamento (...) Acorda pra vida, Wagner! Por causa de sua omissão o caos se instaurou de vez no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana”.

Leia matéria relacionada:

Demissão coletiva: Médicos do principal hospital de Feira entregam cargos

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2019