bannerfull

Irecê é destaque negativo por conta da prática de NEPOTISMO

Município, que ignorou recomendação do MP, é alvo de ação civil pública. Confira todos os detalhes!

10 de novembro - 2017 às 17h50
Irec-destaque-negativo-por-conta-da-prtica-de-NEPOTISMO

Divulgação

Após ação civil do Ministério Público (MP-BA), que tenta “frear” o nepotismo dentro da Administração Municipal de Irecê, a cidade foi destaque nesta quinta-feira (9) no noticiário da TV São Francisco, afiliada da Rede Bahia. No vídeo, a apresentadora cita nominalmente o prefeito Elmo Vaz Bastos de Matos e os secretários Aristides Dourado Júnior (Agricultura), Agnaldo Alves de Freitas (Educação) e Jilvaci Matias Dourado (Assistência Social). Além disso, ela faz referência aos vereadores Fabiano Bia e Murilo Franca, que, segundo o MP-BA, possuem irmãos nomeados no quadro de funcionários do município, o que configura o chamado “nepotismo cruzado”. Em nota, a Prefeitura de Irecê afirmou que todos os servidores descritos na ação se apresentaram à Promotoria e levaram currículos, que, em tese, seriam a justificativa para o acesso ao emprego público. 
 

Clique Aqui e assista ao vídeo


De acordo com publicação oficial do MP-BA, a promotora de Justiça Edna Márcia Souza Barreto de Oliveira pediu a Justiça que declare a nulidade das nomeações dos parentes de Elmo Vaz, vereadores e mais nove servidores da Prefeitura. Além disso, a ação também pede que o município de Irecê “se abstenha de nomear cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica para investidura em qualquer cargo público, à exceção daqueles em que o ato de nomeação decorra de aprovação em concurso público”. 

Confira mais detalhes no site do MP-BA!

 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2017