bannerfull

Irecê se une em solidariedade

Temporal causa calamidade pública e expõe sujeira da velha política... Cuidado com abutres! Reflita!

03 de novembro - 2020 às 15h25
Irec-se-une-em-solidariedade

Fotos: Elson Morais / Divulgação PMI

Em menos de 12 horas, choveu mais de 200 mm em Irecê. Mas, quem circula pela cidade, nesta terça (03), tem a impressão de que sobrevivemos ao dilúvio. “Cenário de guerra”, “parece Canudos”, dizem corações aflitos com genuína preocupação. A parte mais baixa da cidade foi inundada: casas e lojas foram tomadas pela água, que trouxe lama, lixo e até paralelepípedos e placas de asfalto das vias públicas. De acordo com informações oficiais, pelos menos 100 famílias foram abrigadas em escolas da rede municipal. A Prefeitura e o Batalhão da Polícia Militar estão arrecadando alimentos, material de limpeza e higiene, roupas, camas, cobertores e travesseiros. Enquanto pessoas comuns, numa corrente do bem, se mobilizam para ajudar as vítimas da tragédia. A situação foi destaque na edição de hoje do Bom Dia Brasil (Globo).  

Diante de tanta dor e sofrimento, é inacreditável perceber que tem “gente” tentando se aproveitar da calamidade pública. De forma insensível, se esforçam para culpar a atual gestão pelos problemas históricos de Infraestrutura e Saneamento, sem nem ao menos prestar solidariedade a quem perdeu móveis, produtos, sonhos, a esperança ou o próprio lar. São abutres cheios de ódio travestidos de candidatos e candidatas. Cegos pela ganância, esperam colher dividendos eleitorais, como se a política fosse uma máquina de vingança. 
 


Mesmo em meio ao caos, é muito importante refletir sobre o poder do voto e o papel dos agentes públicos. Faltam 12 dias para as eleições. O futuro passa diante dos olhos. Não troque a qualidade de vida da sua família pelo assistencialismo. Dignidade não tem preço! Chega de ser escravizado e se contentar com migalhas! Você tem direitos assegurados, exija igualdade de condições e oportunidades! O bem-estar de toda comunidade depende da sua escolha! Quem pratica a velha política do “quanto pior melhor” não merece confiança. Pense nisso... 

Quer ajudar? Entregue sua doação nos seguintes endereços:

7º Batalhão de Polícia Militar - Fundação Bradesco, 147
Creche do Bairro Silva Pereira
Escola ACM, Recanto das Árvores
Colégio Odete, Praça da Bíblia 

 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020