bannerfull

Jequié: Cafetina se converte e transforma prostíbulo em igreja evangélica

Aposentada Maria Amenade Coelho cuidou da casa de prostituição durante 40 anos e diz não ter boas lembranças da época.

08 de julho - 2014 às 09h26
Jequi-Cafetina-se-converte-e-transforma-prostbulo-em-igreja-evanglica

Correio 24 horas

Depois de 40 anos funcionando como uma casa de prostituição, o "Brega da Amenade", como era conhecido, se transformou há cinco anos em uma igreja evangélica, na cidade de Jequié, a 365km de Salvador. Maria Amenade Coelho, de 67 anos, era uma famosa cafetina da região, mas, a pedido da neta, acabou se convertendo à religião após visitas de evangélicos que faziam orações com ela. De acordo com a aposentada, a oportunidade de entrar no ramo da prostituição foi "questão de necessidade", quando buscava renda alugando espaços para servir como bar e restaurante. Maria não tem boas lembranças dos últimos 40 anos, afirmando que tinha vergonha dos três filhos, que acabavam convivendo com o ambiente.

Ao se converter, ela passou a frequentar uma igreja evangélica e fechou a casa de prostituição. O pastor da Igreja Assembleia de Deus de Madureira a procurou para vender o espaço, que agora conta com as inscrições na entrada: "onde abundou o pecado, superabundou a graça". A aposentada, que já foi presa duas vezes por brigas, agora é reverenciada como exemplo de transformação e do milagre de Deus nas pessoas. Ela vive com as parcelas do pagamento da nova igreja e se sente orgulhosa da nova vida. Apesar da mudança, ela ainda recebe a visita de alguns desavisados, mas são dispensados com um pedido de respeito à "filha do Senhor".

 

 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020