bannerfull

Lapão: Prefeitura diz que só Consórcio Público de Irecê pode resolver problema do lixão

Confira na íntegra nota de esclarecimento emitida pela gestão Ricardo Rodrigues.

17 de agosto - 2017 às 13h43

Após a grande repercussão da matéria “Lixão de Lapão: risco à saúde, vergonha para toda cidade”, a Prefeitura de Lapão emitiu nota de esclarecimento em que afirma que o “problema” do lixão só terá “resolução completa” quando estiver em pleno funcionamento o aterro sanitário regional, “obra de responsabilidade do Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território - CDS de Irecê”. “O município de Lapão tem cobrado constantemente a agilidade do CDS para o real funcionamento do aterro sanitário que permitirá a Lapão por fim completamente a problemática gerada pelo lixão”, destaca trecho da nota oficial. Além disso, o texto informa que a gestão Ricardo Rodrigues aguarda a compra de um novo terreno que (por enquanto, como paliativo) permitirá a retirada de parte dos resíduos e a “compactação e aterro do lixão”. Ainda conforme a nota de esclarecimento, a referida compra só foi autorizada pela Câmara Municipal ontem (16). ​

Clique AQUI e leia publicação relacionada! 


Confira o documento na íntegra: 
 

A Prefeitura Municipal de Lapão vem a público esclarecer a atual condição do lixão da cidade. Informamos que a Prefeitura Municipal enviou projeto de Lei para Câmara de Vereadores solicitando a autorização para compra de terreno que permitirá a retirada de material para a finalização do lixão. O referido projeto foi aprovado pela Casa Legislativa neste último dia 16 de agosto. No presente momento, a Secretaria de Infraestrutura está em contato com a empresa responsável pelas máquinas que irão prestar o serviço para início da compactação e aterro do lixão.

Esta administração tem conhecimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos e tem buscado as alternativas pertinentes para a resolução completa deste problema que vem afetando a vida dos moradores da cidade. Contudo, o municípios da região aguardam pelo aterro sanitário regional, obra de responsabilidade do Consórcio Público de Desenvolvimento Sustentável do Território - CDS de Irecê que incluem o município de América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Cafarnaum, Canarana, Central, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Irecê, Itaguaçu da Bahia, João Dourado, Jussara, Mulungu do Morro, Presidente Dutra, São Gabriel, Uibaí, Xique-Xique e Lapão.

O aterro sanitário regional irá sanar todos os problemas do lixão de Lapão. O mesmo está sendo construído com recursos repassados e fiscalizados pela Codevasf oriundos do Programa de Revitalização de Bacias Hidrográficas e prevê também um galpão de triagem para coleta seletiva e para distribuir com mais eficiência os resíduos sólidos. O município de Lapão tem cobrado constantemente a agilidade do CDS para o real funcionamento do aterro sanitário que permitirá a Lapão por fim completamente a problemática gerada pelo lixão e assim melhorar ainda mais a saúde e o bem estar da população.

Assessoria de Comunicação

Prefeitura Municipal de Lapão

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2017