bannerfull

Lendas do metal invadem o interior da Bahia

Metal Singers reúne no Brasil quatro cantores de renome: Blaze Bayley, Tim Ripper Owens, Udo Dirkschneider (destaque na foto) e Mike Vescera.

17 de janeiro - 2015 às 09h29
Lendas-do-metal-invadem-o-interior-da-Bahia

Chico Castro Jr / A Tarde

A cidade  de Poções recebe no fim de semana a 2ª edição do festival de heavy metal Ruídos no Sertão. A atração principal é de dar inveja à capital: o espetáculo Metal Singers. Idealizado pela Open The Road, uma produtora de shows de São Paulo, o Metal Singers reúne no Brasil quatro cantores de renome: Blaze Bayley (ex-Iron Maiden), Tim Ripper Owens (ex-Judas Priest), Udo Dirkschneider (ex- Accept) e Mike Vescera (ex- Yngwie Malmsteen). Como se vê, uma seleção de respeito de ex-membros de grandes bandas, com uma diferença: Bayley, Owens e Vescera amargaram a ingrata tarefa de substituir vocalistas icônicos  - especialmente Bruce Dickinson (Iron Maiden) e Rob Halford (Judas Priest). O alemão Dirkschneider é o vocalista original do Accept e, ainda hoje, o preferido dos fãs.

Além do Metal Singers, o festival traz boa seleção de bandas baianas. Neste sábado (17), tem Batrákia, Keter, Blackchest, Berzekers, Human e Malefactor. Domingo tem Locomotiva, Natural Hate, The Savage, Suffocation of Soul e  Metal Singers. Realizado com  apoio do governo estadual via edital do Fundo de Cultura, o Ruídos pode ajudar a consolidar a Bahia como polo de heavy metal.

Udo fala

De São Paulo, Udo Dirkschneider concedeu rápida exclusiva por telefone ao Caderno 2+, contando como pausou as atividades da sua banda (U.D.O.) para correr o Brasil com o Metal Singers. "Bom eles me convidaram e eu disse 'sim, por que não?'. Vai ser legal ver Blaze de novo, eu conheço os caras, então sim,  estou dentro", diz.Ele ficou surpreso quando soube que o show seria em uma cidade que nunca viu um rock star. "Não costuma acontecer muito comigo. Já estive em muitas cidades pequenas da Rússia, onde  bandas maiores não costumam ir. Mas é sempre muito especial cantar em uma cidade que nunca recebeu um rock star", diz. Aos 62 anos, Udo sabe que não importa quanto tempo ele saiu do Accept, os fãs sempre pedirão os hits da banda.

"Sim, claro! É parte da minha história, então eu ainda toco Balls To The Wall, Fast as a Shark, Metal Heart, às vezes eu ainda toco Princess of The Dawn,  uma das minhas músicas preferidas do Accept. Mas agora eu já tenho quinze álbuns com o U.D.O., então também temos tanto material. Mas a razão de tudo no fim das contas é dar as pessoas o que elas querem", conclui.

 

 





Programe-se!

Festival Ruídos no Sertão 2015
Quando: sábado, 17, às 19h30, e domingo, 18, às 14 h
Área de eventos Os Primos (Poções)
R$ 100 (dois dias), R$ 50 (por dia)

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2019