bannerfull

Liquida Bahia começa nesta 5ª e oferece descontos de até 50%

Mas, Procon alerta: convém tomar cuidados com as falsas promoções.

03 de julho - 2014 às 09h11
Liquida-Bahia-comea-nesta-5-e-oferece-descontos-de-at-50

A Tarde

A partir desta quinta-feira, 3, e até o próximo dia 14 os consumidores de mais de 60 cidades da Bahia vão poder pesquisar por descontos de até 50% na Liquida Bahia. Mais de 10 mil pontos de venda, entre lojas de rua e de shopping centers, aderiram à terceira edição da campanha, realizada anualmente em julho pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Bahia (FCDL). Segundo o presidente da FCDL, Antoine Tawil, a expectativa dos lojistas é de aproveitar a quantidade de turistas que estão no estado para alavancar as vendas. "A data é a maior liquidação de inverno e  sempre acontece depois do São João. Os lojistas aproveitam as vendas de São João e liquidam o remanescente do estoque. É  uma das datas mais significativas no calendário do varejo", diz Antoine Tawil.

Interior

Além de Salvador e região metropolitana, que representam 40% do total de vendas do varejo, segundo Tawil, Ilhéus, Vitória da Conquista e Jequié são exemplos de cidades com grande número de lojistas participantes. "Em Vitória da Conquista há mais de 400 lojas participando. Em Jequié, mais de 500. Grandes municípios  trazem os descontos para a sua microrregião", conta o presidente da FCDL.Entre os principais participantes desta terceira edição da estão as lojas de confecções,  que aproveitam o momento para queimar o estoque sazonal do inverno. No entanto, os organizadores garantem que os demais segmentos também aproveitam a campanha para tentar fisgar os consumidores."Os grades varejistas de eletrodomésticos e móveis aproveitam o otimismo e a vontade do consumidor para oferecer descontos. Lojas de informática aproveitam essas promoções para ofertar  produtos mais baratos", acrescenta Antoine Tawil.

Prêmios

Além dos descontos oferecidos, a campanha promovida iniciada hoje tenta atrair os clientes com mais de 37 prêmios para sorteio. Entre os prêmio disponibilizados, estão uma caminhonete e quatro automóveis Chevrolet Celta, além de 20 televisores de 50 polegadas. A cada R$ 25 em compras, o consumidor recebe um cupom para participar do sorteio, realizado no dia 10 de agosto, no Farol da Barra, em horário que deverá ser amplamente  informado. Para o presidente da FCDL, o cupom mais barato é para dar mais oportunidades de concorrer aos prêmios. "Não queremos elitizar a Liquida Bahia. A Liquida é popular. É para todas as classes. Quem comprou uma camiseta pode participar. Não achamos justos elitizar, como em outros promoções", reiterou.

Junho foi bom

Ao contrário do pessimismo de parte dos lojistas antes da Copa do Mundo, os resultados do mês de junho foram positivos. O que se espera é que a liquidação favoreça e estenda a boa fase nas vendas. "Tudo indica que após apurarmos os números, os resultados do mês de junho vão surpreender muita gente. Quem esperava um mês fraco vai ser surpreendido", diz Antoine Tawil.  A FCDL estima um crescimento de 5% no mês de junho, quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Convém tomar cuidados com as falsas promoções

Antes de se jogar nas promoções, os consumidores devem ficar atentos para evitar falsos descontos, adverte o superintendente do Procon-BA, Ricardo Maurício Soares. Em promoções, uma prática abusiva possível é inflacionar os preços anteriores dos produtos para aumentar aparentemente a porcentagem do desconto oferecido.

“A primeira dica é fazer um levantamento de preços e exercer a sua liberdade de compra  com pesquisa e comparação dos valores das mercadorias em diversos estabelecimentos”, observa Soares.

Outra infração que os lojistas cometem em liquidações é negar a possibilidade de troca para produtos com desconto. “É uma prática abusiva, vetada no Código de Defesa do Consumidor. Ele precisa estar atento a isso e exigir que o comerciante explicite qual é a política de troca”.

Em caso de recusa na troca de produtos promocionais, é possível fazer uma reclamação ao Procon-BA, pelo telefone  71  3116-0567 ou por meio do  email denuncia.procon@sjcdh.ba.gov.br.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020