bannerfull

Naufrágio no norte da Bahia deixa uma criança morta

Marinha informou que uma equipe da Capitania dos Portos da Bahia saíra de Salvador, ainda na manhã desta quarta, para reforçar as buscas na localidade.

30 de abril - 2014 às 11h39
Naufrgio-no-norte-da-Bahia-deixa-uma-criana-morta

* Informações A Tarde e foto site Sento Sé Agora

O naufrágio de uma embarcação no final da tarde terça-feira, 29, por volta de 17h37, provocou a morte de uma criança de quatro anos. O acidente aconteceu durante a travessia no Lago de Sobradinho, entre as cidades de Remanso e Sento Sé, no norte da Bahia. Até a manhã desta quarta-feira, 30, a maioria dos cerca de 46 passageiros havia sido resgatada do naufrágio. Segundo informações do delegado do município, Raimundo Guerra, cinco pessoas ainda permanecem desaparecidas. Entre eles, está o garoto Carlos André, de 11 anos. De acordo com o delegado, carlos estava com colete salva-vidas e há grande possibilidade dele ser resgatado com vida. Os outros não encontrados são os passageiros de prenome Gilberto, de 73 anos; Antônio, de 54 anos e morador da localidade Fartura; Josimar, que mora em Riacho dos Pais; e uma mulher chamada Eliene.

De acordo com alguns passageiros, o acidente foi causado pelos ventos fortes e as ondas agitadas, que causaram pânico na tripulação. O comandante do barco chegou a fazer uma parada próximo à praia de Andorinhas, mas a tripulação preferiu seguir viagem. Assim que foi retomada, a hélice da embarcação se chocou em um tronco de árvore, que perfurou o casco e possibilitou a entrada de água. Os primeiros passageiros foram resgatados ainda durante a noite. A cidade não possuiu um Corpo de Bombeiros, por isso o resgate foi realizado com a ajuda de moradores locais. Bombeiros militares dos municípios de Juazeiro e Petrolina e uma equipe da Marinha foram deslocados para a região e já iniciaram novas buscas nesta manhã.

Moradores ajudam no resgate

Em nota enviada à imprensa, o 2º Comando do Distrito Naval da Marinha informou que uma equipe da Capitania dos Portos da Bahia saíra de Salvador ainda na manhã desta quarta, para reforçar as buscas na localidade. "A embarcação acidentada era inscrita na Agência Fluvial de Juazeiro e tinha capacidade para transportar 54 passageiros e 3 tripulantes. Um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação (IAFN), cujo prazo de conclusão é de noventa dias, foi instaurado para apurar as causas e responsabilidades pelo ocorrido", revelou a nota.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020