bannerfull

Pacientes reclamam de dores após mutirão de glaucoma em Juazeiro

Na avaliação do deputado Alan Sanches, falta sensibilidade do governo Rui Costa.

11 de abril - 2016 às 08h28
Pacientes-reclamam-de-dores-aps-mutiro-de-glaucoma-em-Juazeiro

Divulgação / Foto: Prefeitura de Juazeiro

Após denúncia de que pacientes que fizeram cirurgia de catarata durante um mutirão em novembro do ano passado, na cidade de Juazeiro, estão com dor nos olhos e alguns sem enxergar, o deputado estadual Alan Sanches (DEM), afirma que falta sensibilidade do Governo do Estado para resolver um problema grave criado pela própria gestão. Segundo Alan Sanches, o exemplo da aposentada Maria das Dores Teixeira, 74 anos, diz que não consegue enxergar direito após ter sido operada e que após ser ignorada pelo poder público e ter ida a uma clínica particular, que detectou hemorragia no olho operado e indicou uma cirurgia que tem o custo de R$ 8 mil, fica mais do que comprovado que o executivo estadual precisa não apenas se retratar e resolver os problemas das pessoas vitimadas, como explicar o que ocorreu.

“Afinal, é inadmissível que pacientes se dirijam para um mutirão acreditando melhorar suas visões com simples procedimentos e saiam piores, inclusive, alguns sem enxergar e outros com risco de perder a visão”, pontuou, complementando que o executivo estadual precisa corrigir o quanto antes a complicação causada a estes pacientes. Mais além, o deputado, que é médico por formação, afirma que entrará com representação no Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb) e no Ministério Público Estadual, de forma que o governo seja obrigado a num curto prazo corrigir os erros causados. “Farei ainda uma moção de repúdio contra todo esse descaso. Afinal, a população que tanto já sofre com o descaso na saúde pública, não pode ficar ainda mais insegura, mais desacreditada e prejudicada”, concluiu.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2019