bannerfull

“Passou da hora de salvar a caatinga”, diz Lídice da Mata

Segundo a senadora, a caatinga ocupa 11% do território nacional, abrange quase todos os estados do Nordeste e é o único bioma exclusivamente brasileiro.

30 de abril - 2015 às 16h17
Passou-da-hora-de-salvar-a-caatinga-diz-Ldice-da-Mata

Divulgação

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA) afirmou no Plenário do Senado que já é passada a hora de o País envidar esforços para salvar a caatinga. Ela lembrou o Dia Nacional da Caatinga, comemorado em 28 de abril, e citou dados coletados pelo Ibama em 2009 que revelam que apenas 53,38% da caatinga permaneciam vivos, e que o restante fora destruído. Segundo a parlamentar baiana, a caatinga ocupa 11% do território nacional, abrange quase todos os estados do Nordeste e parte de Minas Gerais e é o único bioma exclusivamente brasileiro. Ela disse ainda que, ao contrário do que muitos pensam, a caatinga abriga inúmeras espécies de animais e plantas, mas que toda essa riqueza natural está cada vez mais ameaçada pelo modelo predatório de exploração, que inclui desmatamentos e queimadas desordenadas, além do comércio de lenha ilegal.

“Abordo justamente a necessidade de adotarmos uma nova política para a defesa do bioma da caatinga no Brasil, cabendo ao governo o apoio financeiro a agricultores que comercializam lenha para fomentar o reflorestamento; o estímulo a pesquisa para descoberta de novas técnicas de plantio sustentáveis; o zoneamento de boas espécies para o replantio, a criação de linhas de crédito para pequenos agricultores associadas a programas de assistência técnica, além, é claro, do incremento de ações de educação ambiental na região”, destacou Lídice.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020