bannerfull

Prefeito de Feira de Santana diz “não” a Geddel Vieira Lima

Se Paulo Souto não for candidato da oposição, Zé Ronaldo promete “lavar as mãos” na disputa pelo Palácio de Ondina.

16 de março - 2014 às 18h21
Prefeito-de-Feira-de-Santana-diz-no-a-Geddel-Vieira-Lima

Divulgação

Apesar de ter tido o apoio do PMDB durante a última eleição, o prefeito de Feira de Santana, Zé Ronaldo (DEM), confessou a amigos e correligionários que vai colocar as “barbas de molho” se o candidato da oposição ao Governo do Estado for Geddel Vieira Lima, “cacique” do PMDB. Entretanto, Zé Ronaldo prometeu empenho total se o escolhido for o ex-governador Paulo Souto. Com quase 400 mil eleitores, Feira é o segundo maior colégio eleitoral do Estado e o prefeito Zé Ronaldo segue com popularidade em alta. A mensagem deve abalar a confiança do ex-ministro da Integração Nacional, que ainda sustenta o sonho de unificar a oposição e entrar de cabeça na corrida pelo Palácio de Ondina. Enquanto isso, Paulo Souto mantém o discurso de que está à disposição para encabeçar um projeto de mudança na Bahia.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2022