bannerfull

Região Metropolitana de Feira não sai do papel

Deputado Carlos Geilson diz que população está sendo prejudicada e culpa Governo do Estado pela morosidade.

08 de maio - 2014 às 08h51
Regio-Metropolitana-de-Feira-no-sai-do-papel

Divulgação

Prestes a completar três anos de aprovação, a Região Metropolitana de Feira de Santana (RMFS) continua sem ser concretizada. Aprovada em junho de 2011 e sancionada em julho do mesmo ano, a RMFS foi criada para ser composta pela própria Feira e mais os municípios de Amélia Rodrigues, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Tanquinho e São Gonçalo dos Campos. Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (7), o deputado estadual Carlos Geilson (PTN), natural de Feira de Santana, lamentou que o governador Jaques Wagner ainda não tenha concretizado a RMFS, impossibilitando uma série de benefícios para os seis municípios incluídos no texto inicial.

De acordo com o parlamentar, com a Região Metropolitana, fica muito mais fácil conseguir verbas federais, como por exemplo, para a segurança pública, estradas e saúde. Além disso, as ligações telefônicas do território deixariam de ser interurbanas e o transporte teria a tarifa bastante reduzida. “Mas, o governo do PT não quer proporcionar esses benefícios, porque se quisesse o governador já teria oficializado a Região Metropolitana. E para isso, é bom que a sociedade saiba, o governo do estado não precisa gastar um tostão sequer”, frisou Geilson.

 

 

 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020