bannerfull

Rio de Contas reabre igreja e teatro restaurados

A cidade, que tem o título de Patrimônio Nacional, é o terceiro conjunto histórico tombado na Bahia, com mais de 400 casarões.

06 de dezembro - 2014 às 10h34
Rio-de-Contas-reabre-igreja-e-teatro-restaurados

Com informações A Tarde / Fotos: Flor de Lis e Sayonara Pinto

A população de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, distante 736 km de Salvador, recebeu de volta restaurados neste sábado, 6, o Teatro São Carlos e a Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento. Foram investidos R$ 2,5 milhões para as obras realizadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) na Bahia. A cidade, que tem o título de Patrimônio Nacional, é o terceiro conjunto histórico tombado na Bahia, com mais de 400 casarões, atrás em importância apenas de Salvador e Cachoeira. Na Igreja foram realizadas obras de restauro nos bens artísticos (móveis e integrados) e serviços de recuperação na estrutura arquitetônica: coberturas, esquadrias, instalações, pisos, revestimentos e, principalmente, estabilização de alvenarias na capela mór, sacristias laterais e arco cruzeiro.

De acordo com o Iphan, alguns autores, consideram a Matriz do Santíssimo Sacramento o mais relevante exemplar da arquitetura religiosa do sertão baiano, construída na segunda metade do século XVIII. No Teatro São Carlos, que está entre os 10 mais antigos do Brasil e é o mais antigo da Bahia, cuja inauguração data de 1892, foi executada uma ampla reforma. Houve restauração total da cobertura, esquadrias, novas instalações elétricas, hidrossanitárias e de esgoto, recebendo adaptações de acessibilidade a portadores de necessidades especiais (PNE), como rampa de acesso à plateia e coxia e sanitário PNE, além de uma nova copa.

No espaço foi preciso demolir um anexo que encobria a fachada posterior do prédio. Um novo anexo foi construindo respeitando a distancia para leitura da fachada.

Galeria de fotos

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020