bannerfull

Romaria da Lapa movimenta turismo religioso

Ato de amor, devoção e fé é a terceira maior peregrinação católica do País.

06 de agosto - 2014 às 17h43
Romaria-da-Lapa-movimenta-turismo-religioso

Ascom / Setur

Realizada há mais de 300 anos, a romaria de Bom Jesus da Lapa chega ao seu auge nesta quarta-feira (6), dia dedicado ao padroeiro do município. O evento religioso, que se iniciou no dia 28 de julho com o novenário, atrai cerca de 400 mil visitantes à cidade durante os 10 dias de celebração. Esta é a terceira maior peregrinação católica do País.O ponto alto do dia é a procissão que reúne, num ato de amor e devoção, os milhares de visitantes e romeiros que percorrem as principais ruas da cidade. O dia começou logo cedo com muitos fogos. Às 7h foi rezada uma missa solene presidida por D. Josafá Menezes, bispo de Barreiras e administrador apostólico de Bom Jesus da Lapa.

Autoridades das diversas cidades da região marcam presença para a celebração de louvor ao Bom Jesus, que é realizada no Santuário da Lapa.  Convidado especial do prefeito Eures Ribeiro, o secretário estadual de Turismo, Pedro Galvão, participou de toda a solenidade, ao lado da secretária municipal de Turismo, Maria Betania. “É um privilégio poder viver um dia de fé e devoção como o de hoje. O coração do povo baiano tem espaço para muito amor, em todas as crenças. Por isto, é um povo abençoado”, declarou Galvão emocionado.

Bom Jesus da Lapa

Com um cenário majestoso, formado pelas paisagens naturais, a cidade de Bom Jesus da Lapa é conhecida como a “Capital Baiana da Fé”; realiza o que é considerada a terceira maior romaria do país. A gruta da Lapa se torna um verdadeiro reduto de devoção, atraindo romeiros dos diversos lugares do Brasil. Diferentemente de outras manifestações religiosas da Bahia, que conseguem agregar o sincretismo religioso, a romaria de Bom Jesus da Lapa mantém-se fiel às comemorações católicas.

Praças, hotéis, pousadas, restaurantes e estacionamentos ficam completamente lotados por devotos, que deixam seus lares, para se acomodar, de qualquer forma, na cidade.  Vale tudo para render homenagens ao Bom Jesus.Com a emoção tomando conta dos corações, os romeiros chegam a pé, de bicicleta, ônibus, caminhões, carros. Promessas, pedidos e agradecimentos pelas graças alcançadas são os principais motivos que levam o visitante à cidade. Lá, que impera é a fé.

Destino - Localizado no oeste baiano e banhado pelo Rio São Francisco, o município (distante 900 quilômetros de Salvador) é capaz de agradar a qualquer visitante sem nenhum esforço. Em um espetáculo de belas paisagens, está o Morro do Bom Jesus, feito de calcário maciço, rodeado por grutas e dividido em galerias. O Santuário de Bom Jesus da Lapa é outro atrativo natural, com grutas e uma torre enorme do lado de fora, que possibilita uma visão geral da cidade. No Santuário, encontra-se a imagem de Bom Jesus crucificado, local onde os romeiros se ajoelham para fazer as orações.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020