bannerfull

Unicef e UNESCO alertam sobre prejuízos causados pelo fechamento das escolas

Sem comida, amparo e perspectivas, estudantes de baixa renda estão mais expostos à violência e exploração. Como enfrentar essa triste realidade?

22 de julho - 2021 às 12h12
Unicef-e-UNESCO-alertam-sobre-prejuzos-causados-pelo-fechamento-das-escolas

Foto Ilustrativa // Jornal USP

Redação Sertão Baiano

De acordo com dados divulgados pela Unicef, desde o início da pandemia, em todo o Brasil, mais de 1,4 milhão de crianças e adolescentes abandonaram as escolas. Segundo a UNESCO - órgão das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura - o fechamento das unidades de Ensino "acarreta altos custos sociais e econômicos para as pessoas nas diferentes comunidades". A situação afeta com mais gravidade famílias de baixa renda, que não podem oferecer alimentação adequada aos filhos, estão despreparadas para a educação a distância e, infelizmente, vivem mais expostas à violência e à exploração. Entretanto, independente de questões socioeconômicas, distantes de amigos e professores, crianças e adolescentes de todo o Brasil estão sofrendo com o isolamento social, o que dificulta o processo de aprendizagem e o desenvolvimento cognitivo. 

Diante desse enorme desafio, a Prefeitura de Irecê criou um plano progressivo de retorno às aulas, com imunização dos trabalhadores e trabalhadoras em Educação; fortalecimento dos protocolos de higienização, segurança e prevenção no ambiente escolar e no transporte; redução de alunos por turmas e manutenção dos professores e professoras com comorbidades em home office

No momento em que o país começa a sair da mais grave crise sanitária de sua história, faz-se necessário refletir sobre o papel da rede pública de Ensino para amparar crianças e jovens, reduzir danos à saúde física e mental de toda comunidade escolar, bem como auxiliar na reconstrução do Brasil sem fome, discriminação, injustiça e com igualdade de oportunidades. Afinal, de que outra forma a Educação pode ser transformadora? Chegou a hora de cada um fazer sua parte: gestão, professores, famílias e alunos!

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2021