bannerfull

Cachoeira elabora Plano Municipal de Educação Antirracista

População pode (e deve) participar dessa luta, que é de toda sociedade! Se ligue!

28 de março - 2022 às 12h37
Cachoeira-elabora-Plano-Municipal-de-Educao-Antirracista

Teia Comunicação

A Prefeitura de Cachoeira, através da Secretaria de Educação, está interagindo com a população local na construção coletiva do Plano Municipal de Educação Antirracista. Quem tiver interesse em sugerir e contribuir, é necessário preencher o formulário eletrônico até 31 de março. Segundo o secretário de Educação, Roberto Franco, o Plano foi pensado por Cachoeira ser uma cidade em que mais de 80% da população se declara negro ou pardo. "A ideia é tratar a questão antirracista desde a escola. O corpo pedagógico da Secretaria de Educação entende que essa abordagem começa desde a educação infantil”, disse. “A prefeita Eliana Gonzaga, primeira prefeita negra da cidade, incentivou a Secretaria de Educação a fazer o Plano, que foi lançado em novembro de 2021, durante as comemorações do Novembro Negro. Acreditamos que uma educação emancipadora, antirracista e democrática se faz com a participação de todos”, afirmou o secretário.

>>>Clique aqui e participe!  

De acordo com Eliana Gonzaga (Republicanos), o município de Cachoeira larga na frente com esta iniciativa. "Teremos uma educação com equidade. A educação é um direito prioritário de todos, assegurado pela Constituição Federal, independente de raça, orientação sexual, religião ou qualquer outra diferença. Por isto, este Plano Municipal de Educação Antirracista, que estamos construindo coletivamente, é fundamental para Cachoeira, uma cidade majoritariamente negra e de cultura afrodescendente potente", pontuou. Segundo ela, "com este Plano, vamos devolver o sorriso de nossas crianças negras; com este plano, vamos elevar a autoestima de nossos adolescentes; com este plano vamos protagonizar os jovens e adultos da rede Municipal”.

O projeto foi inspirado na Lei nº 10.639/03, que alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, que inclui no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da presença da temática "História e Cultura Afro-Brasileira e Africana". Ele será aplicado de forma transversal no currículo da Rede Municipal de Ensino.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2022