bannerfull

Instabilidade da rede elétrica coloca em risco segurança de comunidade

Comerciantes da Rua Eduardo Dotto, Subúrbio de Salvador, temem acidentes e acusam a COELBA de negligência.

17 de dezembro - 2014 às 18h36

A comunidade da Rua Eduardo Dotto, em Paripe, Subúrbio Ferroviário de Salvador, está bastante preocupada com a insegurança da rede de abastecimento elétrico. De acordo com comerciantes do local, a instabilidade da tensão tem provocado constantes quedas de energia e causado danos irreparáveis em equipamentos, a exemplo de câmeras frigoríficas, fornos de panificação, ventiladores, aparelhos de ar-condicionado, dentre outros. No caso da rede comercial, o ideal é que os níveis de tensão variem entre 215 e 220 volts, quando, segundo relatos, o medidor marca (no máximo) 190 e, às vezes, apenas 160 volts em horários de pico.

Diversas reclamações já foram feitas ao setor responsável da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (COELBA): a última delas foi registrada com o protocolo 4800777001. Mas, até o momento, nenhuma providência foi tomada. Nesta semana, um morador que pediu reserva de identidade tirou foto em que um transformador da rua - instalado bem embaixo de um ponto de ônibus - parece queimado e visivelmente danificado. O temor geral é que haja um curto circuito, que provoque incêndio e coloque em risco à segurança de toda a comunidade. A situação foi levada ao conhecimento da Assessoria de Imprensa da COELBA, que prometeu apurar o caso.

Galeria de fotos

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2017