bannerfull

MPF realiza audiência sobre Baixio de Irecê

Evento pretende discutir impactos do projeto em comunidades tradicionais de Xique-Xique.

14 de maio - 2014 às 07h55
MPF-realiza-audincia-sobre-Baixio-de-Irec

Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) em Irecê realiza, no próximo dia 20, no município de Xique-Xique, Vale do São Francisco, audiência pública com o objetivo de conhecer os impactos da implantação do projeto de irrigação “Baixio de Irecê” nas atividades das comunidades tradicionais que vivem no local. O projeto, que visa promover o desenvolvimento da região por meio da agricultura irrigada, está sendo implantado pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). No entorno da localidade onde está sendo implementado o projeto existem cerca de 800 famílias de comunidades tradicionais que vivem de agricultura familiar, criação de ovinos, bovinos, caprinos e pesca artesanal.

O MPF recebeu denúncia de representante dessas comunidades, relatando que as áreas adquiridas pela Codevasf para implantação do projeto resultam de um violento processo de grilagem sofrido nas décadas de 70 e 80. Parte dessas terras está situada em regiões que tradicionalmente eram ocupadas por comunidades rurais, como as de fundo de pasto, pescadores artesanais e agricultores familiares. A audiência pública será realizada como parte das investigações constantes no Inquérito Civil nº 1.14.012.000011/2014-13, instaurado pelo procurador da República Samir Cabus Nachef Júnior a fim de apurar as irregularidades narradas na representação.

Segundo o procurador, que conduzirá a audiência, o projeto trará grande desenvolvimento para a região, entretanto, não pode ser implementado sem que haja entendimento entre as comunidades que vivem no local e a Codevasf. A audiência também terá a presença da procuradora da República Cristina Nascimento de Melo, membro do grupo de trabalho Quilombos, Povos e Comunidades Tradicionais da 6ª Câmara de Coordenação e Revisão da Procuradoria Geral da República. Foram convidados a participar do evento associações de representantes das comunidades tradicionais, representantes da Comissão Pastoral da Terra, Codevasf, Prefeitura e Câmara Municipal de Xique-Xique, Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola, Bahia Pesca, bem como o juiz e o promotor estaduais em atuação no Município.

 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020