bannerfull

Acordo com CODEVASF pôs fim à polêmica sobre pedras em Floresta

Material deixado em via pública foi recolhido pela Prefeitura de Lapão; oposição e representação parlamentar estão envolvidos!

14 de maio - 2020 às 13h18

Reunião realizada nesta quarta-feira (13), na sede da Codevasf, em Irecê, acabou com polêmica relacionada à emenda parlamentar e ao depósito irregular de material em via pública no Povoado de Floresta, em Lapão. Entenda o caso: 

No início da semana, pré-postos da Prefeitura - que faziam trabalho de capina nas ruas e limpeza do campo de futebol em Floresta - tomaram conhecimento de "material de construção deixado em local ermo". De acordo com a Assessoria de Comunicação do município, "diante da ausência de placa de início de obras, ordem de serviço ou de qualquer documento sinalizando a propriedade do material, a Prefeitura o direcionou para o setor municipal de estoque, até que o proprietário apresente a documentação necessária à comprovação da sua titularidade". 

Depois de cumprir sua atribuição legal, o poder público da cidade foi acusado pela oposição nas redes sociais de ter recolhido pedras que seriam usadas em obra da CODEVASF, executada pela empresa Marfim Construções LTDA, no referido povoado. MAS, COMO ASSIM: CONSTRUÇÃO SEM ALVARÁ??? OBRA PÚBLICA SEM O CONHECIMENTO DA PREFEITURA??? ISSO É ILEGAL E PERIGOSO! O assunto foi levado pelo gabinete do prefeito Ricardo Rodrigues ao Superintendente Regional da 2a SR CODEVASF, Harley Xavier Nascimento. 
 


Após encontro formal na sede da Companhia de Desenvolvimento, em Irecê, ficou acordado que o material recolhido será usado em obras de pavimentação em paralelepípedo cujos projetos sejam devidamente encaminhados à Prefeitura, conforme determina a lei. No caso de Floresta, vale salientar que já existe obra aprovada junta à Caixa Econômica Federal de PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA, como preconiza a transparência e o planejamento da gestão municipal.

Além da CODEVASF, empresa séria e importante para o Desenvolvimento Regional, a representação parlamentar no município também acaba envolvida numa trapalhada midiática, que não traz benefício à comunidade e expõe ambições do período pré-eleitoral... Ainda bem que a atuação diplomática da Prefeitura de Lapão resolveu a situação. Segue o fio... Vale comparar e refletir! Enquanto isso, a cidade continua firme e forte, sem casos de covid-19, num esforço conjunto entre poder público, sociedade organizada e as famílias da sede e zona rural! Vamos superar essa provação! Força, heroínas e heróis desbravadores do sertão!

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020