bannerfull

Ah, é Lepo, Lepo! Bahia é campeão baiano pela 45ª vez

Tricolor empatou em 2 a 2 com o Vitória, mas levanta a taça estadual em função do resultado do primeiro jogo da decisão.

13 de abril - 2014 às 18h44
Ah-Lepo-Lepo-Bahia-campeo-baiano-pela-45-vez

Foto: Cortesia do amigo Max Haack, um dos melhores fotógrafos do país

O Bahia soube aproveitar o regulamento e levantou a taça de campeão Baiano pela 45ª vez, apesar do empate em 2 a 2 com o Vitória, neste domingo (13), no Estádio de Pituaçu, em Salvador. O Tricolor começou a partida arrasador: abriu dois gols de vantagem, com Fahel e Lincoln. No segundo tempo, o Vitória voltou com três atacantes e conseguiu diminuir com Juan, de pênalti. Mesmo com um homem a menos e a imensa vantagem do adversário, o rubro-negro não se entregou e foi pra cima. O gol do empate foi de Ayrton, aos 28 min, após falha de marcação da zaga Tricolor. O troféu de Campeão Estadual, levantado pelo capitão Marcelo Lomba, é o primeiro capítulo do novo Esporte Clube Bahia, que passou por intenso e irreversível processo de democratização.

FICHA TÉCNICA:

Campeonato Baiano – Final
Vitória x Bahia

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 13/04/2014
Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira (RJ) e Kleber Lúcio (SC)
Gols: Juan e Ayrton (Vitória) / Fahel e Lincoln (Bahia) 
Cartões amarelos: Ayrton, Souza, Cáceres Salustiano (Vitória) / Rhayner, Marcelo Lomba, Lincoln (Bahia) 
Público total: 24.020 
 

Vitória: Wilson; Ayrton, Matheus Salustiano, Luiz Gustavo e Juan; Neto Coruja, José Wellison (Mansur) e Cáceres (Dão); Marquinhos, Souza (William Henrique) e Dinei. Técnico: Ney Franco.

Bahia: Marcelo Lomba; Diego Macedo, Demerson, Titi e Pará; Fahel, Rafael Miranda, Lincoln (Pittoni), Rhayner (Rafinha) e Maxi Biancucchi (Anderson Conceição); Talisca. Técnico: Marquinhos Santos.

Galeria de fotos

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020