bannerfull

Codevasf promove “peixamento” em Riacho de Santana e Xique-Xique

Ações, que marcam o Dia Mundial da Água, têm finalidade econômica, social e ambiental.

19 de março - 2014 às 18h10
Codevasf-promove-peixamento-em-Riacho-de-Santana-e-Xique-Xique

Fotos: Codevasf / Divulgação

Para marcar o Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, a 2ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em Bom Jesus da Lapa (BA), vai promover uma grande ação para recompor e preservar a diversidade de peixes na bacia do Rio São Francisco. Nesta quinta-feira (20), em Riacho de Santana, serão soltos 15 mil alevinos de curimatã pacu e curimatã pioa, espécies nativas da região. Na sexta (21), o peixamento acontece em Xique-Xique, com soltura de 30 mil alevinos. “Essas ações de inserções de espécies nativas têm finalidade econômica, social e ambiental, beneficiando diretamente as populações locais. Elas geram renda e produção de proteína animal, e permitem a recomposição das populações de peixes, reduzidas pela pesca extrativa”, explica Charles Fabian, chefe do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Xique-Xique.

O centro iniciou seus trabalhos em abril de 2009 e produz, por ano, cerca de 1,5 milhão de alevinos, entre espécies nativas e exóticas.

Galeria de fotos

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2019