bannerfull

Equipes do interior lutam por vagas na elite do futebol baiano

Colo-Colo, Flamengo de Guanambi e Jacobina na reta final da Segunda Divisão do Baianão 2014.

11 de maio - 2014 às 09h39
Equipes-do-interior-lutam-por-vagas-na-elite-do-futebol-baiano

Colo-Colo é líder e só precisa de empate para garantir vaga / Informações Bahia Notícias

Depois de oito rodadas, 40 jogos e cerca de 117 gols marcados, o Campeonato Baiano da Segunda Divisão chega a sua rodada final com apenas três clubes brigando pelas duas vagas ao grupo de honra do estado em 2015. Com isso, Colo-Colo de Ilhéus, Flamengo de Guanambi e Jacobina entram em campo neste domingo (11), às 15 horas, e utilizam suas últimas fichas para fechar a atual temporada com a maior glória entre os clubes do segundo nível do futebol baiano. Líder com 20 pontos, o Colo-Colo só precisa de um empate para se garantir novamente na primeira divisão. Invicto e com a melhor defesa do campeonato, o Tigre de Ilhéus vai até o estádio Joia da Princesa enfrentar o já eliminado Fluminense, tradicional equipe que amargará mais um ano fora dos principal campeonato da Bahia. Para a partida, o grupo já está concentrado em Feira de Santana e não terá desfalques para o confronto. “Nós temos a responsabilidade de garantir a vitória e levar a vantagem para as finais da segunda divisão” disse o presidente Walter Telles, que também afirmou o total apoio do povo ilheense na campanha do retorno a elite.

Em situação não tão confortável que o líder do campeonato, o Flamengo de Guanambi prefere assumir um discurso reservado para a “decisão” contra o Leônico, no Estádio 02 de Julho. “Estamos concentrados e trabalhando honestamente, como sempre fizemos em toda disputa da competição” defende o presidente Washington Lucas, que garante confiar na organização realizada pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) para coibir qualquer tipo de irregularidades nos jogos da rodada. “O próprio presidente (Ednaldo Rodrigues) deu uma declaração a nossa comunidade e confiamos no perfil e na dignidade dos profissionais do nosso futebol” reiterou. Com 17 pontos, o Beija-Flor do Sertão está empatado em pontos com o Jacobina e à frente do seu adversário apenas no saldo de gols. Mesmo enfrentando o vice-lanterna da competição, a tarefa para o rubro-negro do sudoeste não será fácil, garante o mandatário do Leônico Jairo Veiga “Vamos com equipe completa e queremos a nossa primeira vitória no campeonato” garante o dirigente.

Com um gol a menos que o Flamengo, o Jacobina receberá o também eliminado Jequié e terá equipe completa para a partida no Estádio José Rocha. Entretanto, para conseguir a vaga a elite estadual, o Jegue do Sertão precisa não só vencer como também superar a vantagem de 2 gols da equipe de Guanambi para derrotar os rivais diretos pelo acesso. Do lado do Jequié, quatro jogadores desfalcam o tricolor para o confronto com o Jegue da Chapada; Gil, Jojo e Nem vão cumprir suspensão e Caíque não viaja, pois contraiu catapora. Com 11 pontos, a equipe da Cidade do Sol figura apenas na sétima posição, mas já complicou a vida de outras equipes mesmo estando desclassificado. Na última rodada, por exemplo, venceu o Fluminense de Feira por 2 a 0 e impediu o Touro do Sertão de continuar vivo na disputa pelo acesso. Em contrapartida, o time comandado por Expedito Ventura não tem bons resultados fora de casa. Em quatro jogos, apenas uma vitória sobre o Leônico, penúltimo colocado.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020