bannerfull

“Lepo Lepo” até hoje só rendeu R$ 200, revela Márcio Victor

Cantor disse que o hit do verão não deu bons frutos aos compositores Felipe Escandurras e Magno Santana.

11 de abril - 2014 às 10h52
Lepo-Lepo-at-hoje-s-rendeu-R-200-revela-Mrcio-Victor

Foto: Divulgação e informações Correio 24h

Apesar de ter feito sucesso durante o Carnaval e em todo o país, o 'Lepo Lepo' não rendeu bons frutos aos seus compositores, Felipe Escandurras e Magno Santana. Em entrevista à coluna F5, do jornal 'Folha de S. Paulo', o cantor Márcio Victor revelou o valor que os dois conseguiram por conta da música. "O Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) não deixa. 'Lepo Lepo' até hoje só rendeu R$ 200. O Ecad pagou isso para os compositores. Esse sistema que tem no país da gente é uma coisa complicada. O que a gente sabe é que a gente vê a música toca para caramba e o dinheiro não está chegando", disse ele, citando a associação Procure Saber, que causou polêmica pelo posicionamento em relação às biografias não autorizadas, além de pedir mudanças no sistema.

"Espero que eles melhorem isso. A gente não sabe porque as coisas continuam assim para os compositores. Mas a gente fica muito feliz pelo povo cantar. O dinheiro é consequência", concluiu. Procurado pela publicação, o Ecad explicou que o repasse dos direitos autorais da música pela execução neste ano ainda não foi realizado e deve ocorrer nos próximos meses.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2019