bannerfull

Mundo Pet orienta sobre cuidados com pets no verão

Saiba quais são os cuidados necessários na época mais quente do ano. Confira todos os detalhes! E assista vídeo especial!

21 de janeiro - 2021 às 12h40
Mundo-Pet-orienta-sobre-cuidados-com-pets-no-vero

Divulgação

Entramos no período da estação mais quente, o verão, embora este ano seja um período atípico por conta da pandemia o que nos obrigou a ficar em casa, esta estação torna os dias mais quentes e de muito calor. E para os bichinhos não é diferente, em dias de calor excessivo eles também ficam desconfortáveis. Neste período, é possível notá-los mais ofegantes e costumam deitar em locais mais frescos. Isso ocorre porque cães e gatos não transpiram como nós, estes animais possuem pouquíssimas glândulas sudoríparas espalhadas pelo corpo. Com isso, é preciso buscar alternativas para que seu animal não sofra tanto nos dias mais calorentos.

É preciso estar atento aos bichinhos nesse período de temperaturas muito altas, alguns sintomas podem ser percebidos no animal que merecem cuidados especiais ou de um veterinário. Sintomas como hipersalivação, respiração ofegante, cansaço são indícios de hipertemia, que é quando o animal fica demasiado ofegante e entra em “agonia respiratória”. “Alguns cuidados podem ser aplicados em casa, como disponibilizar água sempre limpa e fresca para o animal, manter ele em local com sombra e circulação, e não estimular atividades físicas nos dias muito quentes”, explica a Roseanne Sales, médica veterinária da Mundo Pet.
 


Uma parte do corpo do animal que merece muita atenção dos tutores em dias muito quentes, são as patas, pois é comum que apresentem queimaduras na sola. Para evitar que isso ocorra, faça passeios com seu pet antes das dez da manhã e depois das quatro da tarde, porém caso seu animal apresente queimaduras nas patinhas, procure imediatamente um veterinário.Outro motivo para que fiquemos atentos aos pets em dias de altas temperaturas, é por conta da incidência de câncer de pele em cães e gatos que tem crescido muito e o risco para os animais no verão é ainda maior.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2021