bannerfull

PRF inicia nesta quinta operação para prevenir acidentes no feriadão

Bahia, Minas Gerais e Paraná terão atenção especial na fiscalização devido ao grande número de mortes registradas no ano passado.

17 de abril - 2014 às 08h25
PRF-inicia-nesta-quinta-operao-para-prevenir-acidentes-no-feriado

Divulgação

Com a participação de 10 mil agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), começa nesta quinta-feira (17) a Operação Rodovida, voltada para a prevenção e redução da gravidade dos acidentes de trânsito nas rodovias federais durante os feriados da Páscoa e de Tiradentes. A ação, que abrangerá vários pontos do país, tem o objetivo de conscientizar os motoristas sobre os cuidados ao viajar e a importância de seguir as regras de trânsito. O foco é o combate à embriaguez ao volante, além da fiscalização de motocicletas e do uso do cinto de segurança e das cadeirinhas para crianças. Ultrapassagens proibidas e velocidade acima da permitida também estão no foco da operação, que foi realizada pela primeira vez em 2011. Repetida nos feriados do fim de ano, do carnaval e da Semana Santa, a operação conseguiu reduzir em 14,3% o número de mortes nas estradas.

Durante a operação, 150 radares móveis estarão espalhados pelas rodovias federais, para coibir e identificar os veículos que trafegam com excesso de velocidade. Também haverá restrição do tráfego de veículos pesados – treminhões, bitrens e caminhões cegonha não poderão transitar hoje (17), das 16h às 24h. Na sexta-feira (18), a proibição vale das 6h às 12h e, na segunda-feira (21), das 16h às 24h. O objetivo é dar mais fluidez ao trânsito. Os motoristas que descumprirem a determinação serão multados e perderão quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Ontem (16), no lançamento da operação, o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, disse que o governo está cumprindo sua função e pediu o empenho da sociedade. “Estamos fazendo a nossa parte, mas esse esforço só terá êxito se os motoristas respeitarem a legislação de trânsito. Isso vai contribuir para reduzir ainda mais os acidentes de trânsito e fazer com que cada um de nós tenha um feriado feliz”, enfatizou.

Os estados de Minas Gerais, Bahia e Paraná terão atenção especial na fiscalização. No ano passado, os três estados concentraram o maior número de acidentes e de mortes na Semana Santa, com 35% das vítimas. Foram 71 acidentes e oito mortes na BR-040 em Minas Gerais, 26 acidentes e duas mortes na BR-16, na Bahia, e 25 acidentes e três mortes na BR-369, no Paraná. Além da PRF, os ministérios da Saúde, das Cidades e dos Transportes participam das ações da Rodovida.

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2020