bannerfull

Deputado diz que aumento da violência na Bahia é culpa do PT

Assalto a UPA de Irecê repercute na Assembleia Legislativa: ‘baianos não aguentam mais viver com medo’, protesta Carlos Geilson.

05 de abril - 2018 às 09h28
Deputado-diz-que-aumento-da-violncia-na-Bahia-culpa-do-PT

Divulgação

O crescimento da violência e o avanço da criminalidade no interior da Bahia voltaram a ser abordados pelo deputado estadual Carlos Geilson (PSDB), em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (4). Ele criticou o governo por não enfrentar o problema e destacou que, hoje em dia, nem mesmo os doentes estão livres das ações dos bandidos. Geilson relatou que na última segunda-feira (2), bandidos armados invadiram uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na cidade de Irecê e, tomaram carteiras, bolsas, telefones e outros pertences de pacientes e funcionários. 

"No mesmo dia o governador Rui Costa cumpria agenda na cidade de São Gabriel, a 10 quilômetros de Irecê. O governador estava cercado por um enorme aparato de segurança, o que eu não acho errado. Mas os baianos também querem segurança, os baianos não aguentam mais viver com medo até de sua sombra", afirmou. Para o deputado feirense a violência na Bahia é resultado da fragilidade da política de segurança pública dos governos do PT, "que permitiram o avanço da criminalidade e o crescimento da violência em nossa terra nos últimos 11 anos". Geilson ainda foi mais enfático, e disse que "se o governo não consegue controlar os índices de violência tem que trocar o comandante geral que, neste caso, é o governador".

>>> LEIA MATÉRIA RELACIONADA 

Irecê: bandidos invadem UPA e assaltam pacientes

 

Comentários

netools comunicação digital
Sertão Baiano - Todos os direitos reservados © - 2018